Com esse calor todo, é preciso muita criatividade para refrescar os pimpolhos, não é? Nem sempre é possível pegar uma piscina ou dar um passeio na praia com os bebês. Por isso, algumas mamães resolveram inovar e criaram um picolé de leite materno.

A ideia surgiu há alguns anos e tem se tornado cada vez mais popular. Além de minimizar o efeito das altas temperaturas para os pequenos, o picolé ainda ajuda a aliviar o incômodo que o bebê sente nas gengivas quando o dentinho está nascendo. Isso porque o gelo faz com que a gengiva fique um pouco anestesiada.

Também vale lembrar que, para bebês com até seis meses de idade, a Organização Mundial de Saúde (OMS) recomenda que a amamentação seja a única alimentação do pimpolho e nem chá ou água são necessários. Por isso a ideia é tão boa!

Calor_demais_Picole_de_leite_materno_para_refrescar_1.jpgForminhas especiais e livres de Bisfenol esterilizadas dão o formato ao picolé

E a receita é bem simples: basta retirar o leite, colocar em uma forminha de picolé higienizada e levar ao congelador. Em entrevista ao site G1, a administradora Ariane Osshiro, mãe do pequeno Pedro e uma das pioneiras no assunto, contou que retira cerca de 50 milímetros de leite utilizando uma bomba extratora. “Não dói nada e, além disso, é rápida e prática”, afirmou.

De acordo com a nutricionista Elisabete Kamiya, o leite materno congelado continua com as mesmas propriedades do leite em estado natural. “O leite materno contém carboidratos como lactose e oligossacarídeos, além de gordura, proteínas e vitaminas”, explicou em entrevista ao G1.

Por outro lado, há quem discorde de oferecer o leite materno de outra maneira que não a tradicional. Segundo a pediatra Maria José Guardia Mattar, do Departamento Científico de Aleitamento Materno da Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP), não existem estudos sobre o tema.

“O tempo de congelamento e o processo de higienização que a mãe deve seguir são temas que têm fundamentação, mas não há evidências de que o picolé de leite materno é recomendável. O problema do calor excessivo pode ser resolvido com um banho para relaxar”, indicou em entrevista ao site UOL.

Podem até haver controvérsias sobre se vale a pena ou não oferecer o picolé de leite materno como lanchinho refrescante para os pimpolhos, mas uma coisa é certa: ver o bebê se deliciando com a novidade é uma fofura!

A fofura do vídeo é o Elias, filho da publicitária Karen Oliveira Aun, autora do blog ‘Enquanto Elias Dorme”.

Gostou? Aproveita e dá uma olhada neste caderno do Ministério da Saúde sobre nutrição infantil. Depois conta aqui pra gente a sua opinião.

Fotos: Enquanto Elias Dorme

Deixe um comentário