Vamos falar de um assunto polêmico no mundo materno?

CHU-PE-TA!

Aaaaah, como essa palavrinha de 3 sílabas causa discórdia! Rs 
Por aqui não foi diferente… E aí? Dar ou não o bico de silicone?

Confesso que ainda na gravidez comprei um pack de um modelo famoso e muito usado nos EUA… Aquelas loucuras (sabe?) de uma mãe de primeira viagem. Minha filha nasceu e a culpa bateu.

Amamentar pra mim foi um desafio!!! Meus seios racharam, sangraram e a luta foi grande. Por que raios eu daria a ela algo que atrapalharia a nossa adaptação? Quando ela já tinha um pouco mais de um mês, nós já havíamos nos adaptado a amamentação e eu estava exausta (em todos os sentidos!).

Eu literalmente dormia sentada para conseguir descansar. Anita só dormia grudada no meu peito e quando eu conseguia soltá-la dele, ela acordava. Minha mãe, tias, avós insistiam: dá a chupeta, você vai ter sossego! Meu coração doía e eu protelava… Não, não e não!

Uma bela madrugada e com muito peso no coração, eu cedi os encantos da bendita. Assim que consegui soltá-la do peito, coloquei o de silicone no lugar. Fiquei com remorso, ciúmes (!!), me senti a pior mãe do mundo e no meio de um turbilhão de sentimentos eu finalmente consegui dormir um pouquinho.

Bom, é claro que conversei com a pedriatra dela sobre o assunto! Como ela já estava adaptada ao peito, a chupeta não fui um problema. Ela só a aceitava para dormir, e assim que o sono estava pesado, ela mesmo a soltava.

E no final das contas ela me foi de uma ajuda e tanto… Anita tinha a necessidade de ficar sugando algo mesmo enfastiada de leite, sei que utilizar este acessório não é a melhor das opções, mas ela realmente foi uma salvação.

A “gigi” da Anita (como ela a chama) é costurada em uma naninha, uma girafinha de pelúcia, que com toda a honestidade, faz mais sucesso do que o próprio bico.


Se a chupeta atrapalhou a amamentação? NÃO para mim! Anita hoje tem 1 ano e 2 meses a ainda amamenta em livre demanda 🙂 
Se eu me preocupo por ela chupar chupeta? SIM, MUITO! Mas tomo bastante cuidado para não deixá-la ficar muito tempo com ela. Durante o dia, eu a escondo e só na hora do soninho, quando ela pede, que eu a pego. Já estou, devagarinho, tirando dela o “vício” da chupeta.

Dentre todos os cuidados que temos que ter, além de uma higiene constante, é escolher preferencialmente bicos de silicone e lembrar sempre de comprar modelos ortodônticos e de acordo com a idade do seu pimpolho.

E é claro, sempre se lembrar de tudo que é utilizado em excesso não faz bem 🙂 

Camila Lewer é mãe da Anita, jornalista e mamãe de primeira viagem.

Deixe um comentário