Final de ano é um momento que sempre leva as pessoas a refletirem sobre suas atitudes e possíveis mudanças. Quem tem pimpolho em casa sabe que, às vezes, é complicado cumprir tudo o que se promete em relação a eles. Mas alguns hábitos precisam ser adotados. E nada melhor que ser o exemplo, não é mesmo?

Os pais são vistos como modelos a serem seguidos, então, tudo que é praticado por eles as crianças adotam como correto e que deve ser reproduzido, além de influenciarem em seu comportamento.

O psicólogo Adriano Pereira Jardim, especialista em Psicologia do Desenvolvimento e da Personalidade, em entrevista ao jornal A Gazeta, afirma que apostar nos hábitos mais saudáveis e construtivos com os pequenos ajuda a melhorar a relação dentro de casa e é ainda melhor para o desenvolvimento intelectual do seu filho.

“Quando você mostra à criança que é possível fazer o novo, em busca de algo melhor, você mostra que a flexibilidade e que a busca por mudanças é sempre possível. Assim, a criança cria um repertório de possibilidades para o futuro”, explica.

Então, que tal aproveitar esse novo ano para exercitar mudanças no relacionamento com os pimpolhos?

A gente te ajuda!

Brincadeiras

Dedique tempo para brincar com o pimpolho. Pode ser montando uma cabana, dançando pela casa, carregando num carrinho. Brincadeiras assim ajudam a criança a interpretar o mundo e a amadurecer emocionalmente.

Coma junto
Organize seu dia para passar alguma refeição ao lado do pimpolho. Inclua-o em atividades como fazer a lista de compras, ir ao supermercado, cozinhar.

Diversifique
É importante que a criança conheça outros ambientes. Leve-a em algum festival ou espaço cultural que ela possa participar e esteja de acordo com seus horários.

Leitura
Estimule o pimpolho a ler. Leve-o a livrarias não só para comprar livros, mas para manusear os que estiverem disponíveis também. Em casa, aproveite o tempo livre para criar um cantinho da leitura para ele.

Desenvolva empatia
É fácil estimular os pequenos para que reconheçam a necessidade do próximo. Doe brinquedos que eles não usam mais para crianças carentes; aproveite o dia seguinte à festa de aniversário para tirar o que estava encostado nas prateleiras.

Deixe um comentário