Nós já falamos aqui no blog sobre o picolé de leite materno, você lembra? Mamães supercriativas congelam o leitinho para dar aos pimpolhos nos dias mais quentes. A ideia é interessante principalmente para bebês com até seis meses de idade, já que a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda a amamentação como única fonte de alimento nessa idade.

Especialistas da Rede de Bancos de Leite Humano afirmam que o leite materno pode ser congelado por até 15 dias em temperatura de 10 graus negativos. Ou seja, independente da estação, saber a forma exata de armazenar o leite pode te ajudar também em outros momentos.

Já pensou ter o leitinho preparado à noite e poder pedir ao maridão para amamentar o bebê enquanto você descansa? Ou sair para um compromisso de trabalho e deixar a mamadeira prontinha para o seu pimpolho?

O site BabyCenter Brasil listou algumas dicas bem legais sobre o tema. Resumimos os pontos mais importantes aqui:

1. Tempo de armazenamento
Leite_materno-02

2. Recipiente
O leite pode ser armazenado em recipientes de vidro com tampa de plástico ou na própria mamadeira – desde que ela seja bem vedada e esteja esterilizada.

Para esterilizá-la, basta fervê-la por 15 minutos e deixá-la secando de boca para baixo em cima de um pano. Você também pode usar esterilizadores de micro-ondas. Observe as informações na embalagem.

Lembre-se que o leite materno só pode ser colocado na mamadeira depois que ela tiver esfriado.

3. Resfriamento
Na geladeira, nunca deixe o recipiente próximo a alimentos crus nem na porta do refrigerador. Prefira sempre deixá-lo na prateleira mais alta – que é também a mais fria.

4. Congelamento
Leite_materno-01

5. Descongelamento
Nunca ferva ou esquente diretamente o leite materno, nem o descongele no micro-ondas, pois ele pode perder propriedades importantes durante o aquecimento. O ideal é colocar o recipiente onde o leite foi congelado dentro de um pote maior com água morna.

Lembre-se que depois que você descongelá-lo, não poderá congelá-lo novamente.

E o mais importante: o leite fresquinho é sempre a melhor opção para o bebê. Ele só deve ser congelado se realmente não for consumido logo 😉

Gostou das dicas? Você também pode ver mais informações nesse link. ♥ Compartilhe com outras mamães e papais!

Deixe um comentário