A hora certa de ir para a creche ou escola

    E pra saber o momento certo de levar os pimpolhos para a escola? Como faz? A Bárbara Lara conta pra gente!

    Olá, amigos leitores! Sou nova por aqui e me sinto muito contente com a oportunidade de conversar com vocês sobre assuntos tão importantes, como o desenvolvimento emocional e cognitivo de nossos pimpolhos. Portanto, sintam-se à vontade para construirmos uma rica troca de ideias. Vamos pensar juntos sobre os temas relacionados ao ambiente educacional e os impactos destes na vida das crianças.

    Quero convidá-los, em nosso primeiro encontro, a dialogar sobre a importante decisão de colocar a criança na creche ou escola, o início de sua caminhada na Educação Infantil.

    Sabemos que esse é um momento importante e delicado para nossos pimpolhos e, principalmente, para seus familiares. Tal como acontece sempre na vida, somos mais uma vez convocados a lidar ou enfrentar algo novo, que pode nos levar a um ambiente de ansiedades, expectativas e estranhamentos.

    Mas, afinal, qual a hora certa da criança ir para escola? Existem inúmeras pesquisas e opiniões sobre o tema, mas já existe certa clareza e consenso geral que à partir dos 3 anos de vida ir à escola é fundamental para suprir a grande necessidade de socialização e exploração das crianças dessa idade. Inclusive, o MEC (Ministério da Educação) prevê para 2016 a matrícula obrigatória de todas as crianças brasileiras na pré-escola.

    Mas, será que até os 3 anos de idade, existe um momento adequado para o início da vida escolar? Bem, queridos leitores, não há uma resposta exata para essa indagação. É claro e óbvio, que precisamos observar as necessidades e demandas de cada criança e família para tentar entender essa pergunta. Fato é que, um elemento fundamental para o crescimento e o desenvolvimento emocional e cognitivo das crianças é o experimento, ou seja, testar e observar os resultados!

    Pensemos:

    – Como em tantas famílias, em que os pais precisam lidar com uma rotina agitada e atarefada para garantirem o conforto dos seus filhos, deixar a criança em casa, com algum cuidador, por medo ou culpa desse início precoce no ambiente escolar, lhes oferecerá os recursos que precisam para um desenvolvimento saudável?

    – Contudo, se a criança tem um ambiente rico de estimulação e experimentos, que lhe permite a construção de um repertório amplo de interação com o mundo, é necessária a ida à creche ou escola com receio de que fique atrasada em relação as demais crianças que já frequentam o ambiente escolar?

    Essas sim são as perguntas que devem ser pensadas antes de responder à questão que propus no título deste post: qual a hora certa para o pimpolho ir à creche ou escola?

    Em cada momento da vida infantil, diversos critérios precisam ser avaliados para que essa entrada na vida escolar aconteça de forma ideal, como o local em que a criança ficará, qual estrutura física e a equipe de profissionais que lhe acompanhará, os cuidados com higiene, alimentação, prevenção de acidentes, entre outros.

    Sobre esses critérios, conversaremos em nosso próximo encontro. Ainda quanto a essa fase inicial, vamos conversar também sobre as dúvidas e angústias dos pais e como esse processo é encarado pela criança, o que muda para ela e as vantagens/desvantagens para o seu desenvolvimento.

    Um grande abraço, já com vontade de continuar essa conversa! Espero pelos comentários de vocês.