A informação é uma ótima parceira da gravidez

    Queridas amigas que acompanham nosso blog, entramos na 32ª semana de gestação, no último trimestre e agora a contagem é regressiva. Passa muito rápido e confesso que não vejo a hora de ver o Pedro, nosso bebê, em meus braços.

    Agora me sinto bem mais cansada, ainda muito emotiva e ansiosa. O mais interessante é sentir tudo isso com tanto amor, com tanto zelo. Já não consigo dormir uma noite inteira sem ser interrompida por uma falta de ar, dormência nas pernas, sonhos , idas ao banheiro, chutes e mais chutes. O mágico é sentir tudo isso com um sorriso no rosto e saber que todas as mães passam por todas essas etapas com a mesma graça, com o mesmo amor incondicional.

    Isso sem falar nas inúmeras questões que envolvem qualquer futura mamãe. Será que vou conseguir amamentar meu filho? Será que conseguirei ser uma boa mãe? Como vou educá-lo? O que ensinarei para ele? Creche , babá ou casa da avó? E tantas outras incertezas.

    Hoje, temos a sorte de passar por tudo isso com uma infinidade de informações disponíveis e muitas vezes gratuitas, que nos ajudam e nos orientam. Fico pensando como deveria ser antes… De um modo geral, as mães tem as mesmas preocupações, dúvidas e inseguranças. Imagino como deveria ser no mínimo estranho não ter com quem compartilhar sentimentos e questões tão abstratas, tão íntimas e particulares de uma futura mamãe.

    Hoje temos blogs, sites, livros, revistas e programas de TV à nossa disposição que muito nos ajudam. Confesso que sou fã de todos esses canais de comunicação, e que tenho aproveitado ao máximo todo esse conteúdo gerado.

    Quero deixar hoje minha contribuição de que vale a pena procurar ler, ouvir, conversar, trocar ideia com outras gestantes e com outras mães. Acredito que toda essa atual exposição de conteúdo nos deixa muito mais seguras e confortáveis ao saber que todo esse turbilhão de emoções que sentimos não é doença, não é frescura, não é nada demais, é simplesmente o fato de estarmos no momento mais mágico de nossas vidas.

    Um beijo enorme e até o próximo post.