A primeira gravidez

    Tem colunista nova no blog! A jornalista Mariana Melo vai dividir com a gente tudo o que rola com a mamãe de primeira viagem, desde a gestação até o nascimento do pimpolho. Confira!

    Olá, meu nome é Mariana, e a partir de hoje vou dividir com vocês minhas experiências, dúvidas e descobertas como mãe de primeira viagem. 🙂

    Bom, vou ser mãe, e agora? Foi essa a primeira pergunta que me fiz ao fazer o teste e confirmar a minha suspeita. Eu já estava com cinco semanas de gestação, o que equivale a um mês e uma semana.

    Apesar da minha filha ser muito desejada, bateu aquele “medinho”. Será que serei uma boa mãe? Como será minha vida a partir de hoje?… Surgiram muitas dúvidas e sei que muitas ainda vão surgir, afinal, tudo é muito novo para uma mamãe de primeira viagem. Cada dia é uma nova descoberta com seu bebê e com o papai!

    Mas a emoção e a felicidade de ser mãe são tão maiores que o medo, que as dúvidas não assustam mais, já que faço o possível para esclarecer todas elas. Primeiro com a minha obstetra – é importante não sair de nenhuma consulta com dúvidas. Uma boa dica é ir anotando as perguntas em um bloquinho, para não esquecer de perguntar nada no dia da consulta.

    Outra sugestão muito importante é filtrar bem todas as opiniões que ouvimos de pessoas comuns, como mães, amigos de amigos, vovós, vovôs, conhecidos…. Assim que as pessoas próximas, amigos, familiares e colegas de trabalham souberam que eu estava grávida, sempre tinham algo para “me ensinar”. Era, e é, comum ouvir frases como: “Olha, gestante não pode comer ovo”, “Grávida não pode exagerar no doce”, “Não pode praticar exercícios”, “Grávida precisa evitar isso e aquilo”…. E por ai vai!

    Mariana exibe a barriga orgulhosa. Vem bebê por aí!

    Muitas dessas pessoas têm boas intenções, querem te ajudar, mas como as opiniões são variadas e de todas as partes, isso pode te deixar confusa, o que é muito ruim. Então, além da (o) obstetra, busque fontes confiáveis, como livros, especialistas, entre eles nutricionistas e fisioterapeutas, e também faça pesquisa em sites confiáveis. Um livro legal que indico é “O que esperar quando está esperando”. Outra boa dica é o próprio Carinho a Cada Passo! Aqui, você encontra várias dicas, artigos de especialistas e textos de mamães e papais que dividem com os leitores suas experiências. E um ótimo site e aplicativo de celular é o Baby Center Brasil. São bem úteis!

    Além disso, seja confiante. Acredite, você sempre saberá que decisão tomar, qual alimento comer, que roupa usar e qual é o melhor exercício para se praticar. Nós mães temos o dom de ser mães, e a partir do momento que descobrimos que nosso bebê está dentro de nós e que logo, logo, virá ao mundo e dependerá de nós, nossas dúvidas viram experiências. Confie e aproveite a sua gravidez, você, o papai e bebê merecem!