Alimentos e exercícios para a criançada

    A pirâmide alimentar infantil foi desenhada para orientar o consumo dos diferentes alimentos desta faixa etária e para direcionar uma alimentação saudável e equilibrada.

    A pirâmide alimentar infantil foi desenhada para orientar o consumo dos diferentes alimentos desta faixa etária e para direcionar uma alimentação saudável e equilibrada. Sua orientação respeita a necessidade nutricional das diferentes etapas de desenvolvimento infantil (seis meses até a adolescência).

    A pirâmide divide-se em 4 principais grupos de alimentos e indica a importância e a frequência com que devem ser consumidos. Cada um desses grupos apresenta nutrientes e energia em quantidades ideais para o crescimento e desenvolvimento dos pequenos. É importante termos em mente que os alimentos da base da pirâmide devem ser consumidos em maior quantidade e com maior frequência (2 a 3 porções por dia). Hortaliças e frutas também. Já quanto ao leite, seus derivados e leguminosas, bastam duas porções, enquanto os alimentos do pico são desaconselháveis para o consumo regular.

    Os dados foram adaptados de Philippi S T et al. Rev Nutr 12:65-80,1999, Guia alimentar para crianças menores de 2 anos, Ministério da Saúde, 2005, e do Departamento de Nutrologia da Sociedade Brasileira de Pediatria.

    A pirâmide também incentiva a prática de atividades físicas pelos pequenos (esportes, jogos, brincadeiras…), por isso é muito importante estimular a criança a se exercitar mais e ficar menos tempo na frente da televisão. Se é difícil sair de casa para um parquinho, por exemplo, deixe seu filho entreter-se com brinquedos que exijam movimentos, em um cômodo que seja arejado, com a luz do sol, e que você possa ficar de olho nele, para não acontecer nenhum acidente. Uma dica é colocar música no lugar da televisão. Ela exercita o cérebro e alegra a vida do seu pequeno!

    Agora é só imprimir, colar na geladeira e seguir as orientações!

    [sharethis-inline-buttons]