Alimentos para a mãe e para o bebê

    Esse espaço é reservado para tirar as dúvidas dos nossos internautas e também para compartilhar experiências da vida conturbada e cheia de alegria de quem vive a maternidade. Você também pode mandar a sua dúvida ou a sua experiência pessoal. Basta enviar um e-mail para contato@carinhoacadapasso.com.br. Estamos esperando!

    Abaixo você confere duas perguntinhas super pertinentes feitas pela Glayce, uma das mamães e leitoras do blog. Quem responde é uma de nossas colunistas, a nutricionista Rita Kwak.

    1ª pergunta:
    Gostaria de saber como deve ser alimentacão da mãe durante a amamentação. Quais alimentos são indicados e quais devem ser evitados para que não haja reações ruins do organismo?

    Alimentos bons para as mamães:

    1. vegetais em geral (fonte de diversas vitaminas e minerais, principalmente água);
    2. arroz e feijão (para fornecer energia à mãe);
    3. fruta: laranjas, melão, maçãs, pêras, pêssegos e ameixas;
    4. cereais integrais como arroz integral, trigo integral e pão de centeio – evitar os carboidratos simples (arroz branco, macarrão e produtos produzidos com farinha branca, porque causam um pico glicêmico no organismo da mãe);
    5. proteína e gordura, como óleos vegetais em pouca quantidade e azeite (contém gorduras boas); estas adições de gordura à alimentação são boas para ajudar a criar um leite materno melhor;
    6. leite desnatado (fácil absorção); no entanto não é necessário beber leite para produzir leite: pode comer iogurte e queijos brancos.

    Alimentos a serem evitados:

    1. pimentas em geral;
    2. muito sal na alimentação;
    3. frituras;
    4. carne com gordura aparente;
    5. carne crua (boi, linguiça, peixe cru);
    6. massa de bolo cru (experimentar a massa é perigoso por causa do ovo cru – salmonela);
    7. bebidas alcoólicas;
    8. chocolate ou doces em excesso;
    9. alimentos que causam gases na mãe, podem causar também nos bebês;
    10. cafeína (café, chá verde e coca-cola em excesso).

    É importante ressaltar que a mãe não deve iniciar neste período uma dieta rígida, o próprio ato de amamentar já ajuda a perder peso. Não se esqueça de beber bastante água.

    2ª pergunta:
    Preciso voltar a trabalhar. Alimentar meu bebê com leite congelado traz algum prejuízo?

    Acabando a licença maternidade, esta é uma dúvida muito comum das mães. Fique tranquila, se deixar seu leite congelado, não estará prejudicando seu bebê. Mas é importante orientar o cuidador do seu bebê para não começar a introduzir outros tipos de alimentos até que ele complete os seis meses por conta própria, sempre consulte seu pediatra sobre a quantidade deixada e a necessidade do seu bebê. O pediatra é o melhor conselheiro da introdução de outros alimentos porque já está fazendo o acompanhamento do peso/idade.