Amamentação: ato sublime de amor

    Sabemos que amamentar é fundamental para a saúde de nossos filhos, por isso vou reafirmar aqui todos os benefícios que este ato pode trazer para o bebê e para a mamãe.

    1. O leite materno é o alimento mais completo e equilibrado para o bebê. Ele é facilmente digerido, atende a todas as necessidades de nutrientes e sais minerais da criança até os seis meses de idade e ainda contém uma molécula chamada PSTI, que repara e protege o intestino delicado dos recém-nascidos, diminuindo a intensidade e a frequência das cólicas.

    2. Colabora para a formação do sistema imunológico da criança, prevenindo alergias, obesidade e intolerância ao glúten.

    3. Previne a anemia.

    4. A sucção ajuda no desenvolvimento da arcada dentária do bebê.

    5. Segundo estudo coordenado pela Universidade do Oeste da Austrália, a leptina, uma das substâncias contidas no leite materno, ajuda a combater o estresse. Outro fator é o vínculo entre mãe e filho promovido pelo aleitamento, que também promove um efeito positivo no desenvolvimento psicológico da criança, fazendo com que ela consiga se relacionar melhor com outras pessoas no futuro.

    6. Dependendo dos hábitos alimentares da mãe, o leite materno pode apresentar diferentes índices de ômega 3, o que auxilia o desenvolvimento e o crescimento dos prematuros em seus primeiros meses de vida.

    7. Na amamentação, o desprendimento da placenta acontece mais rápido, contribuindo para a volta do útero ao tamanho normal e a perda de peso, pois são consumidas até 800 calorias por dia. A mãe também se protege contra o câncer de mama e de ovário, além do desenvolvimento da síndrome metabólica (doenças cardíacas, diabetes e pressão alta), mesmo aquelas que desenvolveram diabetes gestacional.