As 8 perguntas inconvenientes que as grávidas mais ouvem

    Separamos algumas sugestões de resposta para você sair de cena sem deixar um climão

    É só a barriga crescer que algumas perguntas começam a surgir. Diante de uma gravidez, as pessoas ficam sensíveis e querem logo saber tudo sobre esse momento. Com tamanha curiosidade, o bom senso, muitas vezes, fica para trás e, inevitavelmente, você vai se deparar com perguntas bem inconvenientes.

    Se você já ficou grávida, certamente teve de lidar com algumas questões ou comentários desse tipo. E já sabe, nem sempre é fácil fugir do assunto sem criar um clima chato.
    Para as gravidinhas de plantão, separamos algumas situações bem comuns, com sugestões de respostas, para acabar logo com o assunto e se livrar da saia-justa. Confira!

    1 – Foi planejado?
    Se a pessoa conhece a sua família e a sua história, ela sabe se esse bebê foi (ou não) planejado. Então, se ela fez essa pergunta é porque não é tão próxima assim… Ou seja, está sendo intrometida. Responder ou não depende de você. Se quiser falar sobre o assunto, tudo bem, mas não deixe de fazer um comentário para demonstrar que ficou surpresa com a dúvida inconveniente. Se não quiser responder, mude completamente de assunto para que a pessoa perceba o tamanho do mal-estar que causou.

    2 – Quantos quilos você engordou?
    Vamos combinar que ninguém sai por aí perguntando o peso do outro. Imagine só o constrangimento, não é mesmo? Então, por que isso teria que se tornar normal na gravidez? Normalmente, a pergunta já vem acompanhada de outro comentário de alguém que engordou muito ou pouco na gestação. O melhor a dizer é: “não sei, meu médico está controlando e está tudo bem, obrigada”.

    3 – Você já está de 9 meses?
    O que a pessoa quer dizer com essa pergunta é: “sua barriga está tão grande que parece que seu filho pode nascer a qualquer momento”. Diante de tamanha indelicadeza, você pode dizer que a gravidez é contada por semanas e não por meses e que o mais importante é que seu bebê está se desenvolvendo bem e no tempo dele.

    4 – Você está grávida de gêmeos?
    Essa é uma variação das perguntas anteriores. A pessoa se assustou com o tamanho da sua barriga e acha que ela tem tamanho suficiente para abrigar dois bebês. Então, respire fundo, pense duas vezes antes de responder. Uma boa ideia é dizer que não, que está grávida de apenas um bebê e que todas as pessoas são diferentes, assim como os corpos, as gestações e as barrigas.

    5 – Cadê a barriga?
    Outra variação comum das últimas perguntas. Só que nesse caso, para mulheres que engordam pouco, ou que a criança nasce bem pequena. Vale seguir as dicas enumeradas acima e sair linda da situação.

    6 – Você pretende ter parto normal?
    A gestação é uma fase cheia de planos e mistérios. Você planeja a decoração do quarto, o enxoval, os exames, os cuidados, a nova rotina. No entanto, algumas coisas não são possíveis de planejar. Você pode desejar muito ter parto normal ou amamentar seu bebê exclusivamente, mas na hora H, não dar certo. Diante de tantos desejos, medos e expectativas, por que uma pessoa precisa ser tão curiosa a ponto de atropelar todos os seus sentimentos? A melhor resposta é dizer “uma coisa de cada vez, combinado?”.

    7 – Você vai amamentar?
    Essa é uma pergunta que pode ser respondida nos moldes da anterior. Muitas mulheres têm o sonho de amamentar, mas não conseguem por vários motivos. Mudar de assunto ou dizer que isso nem sempre é uma escolha, e sim uma possibilidade que vai depender do pós-parto, podem ser boas saídas.

    8 – Você preferia que fosse menino (a)?
    Quando você engravida, o maior desejo é que esse bebê venha com saúde. Você até pode torcer mais por um dos sexos, mas, após descobrir, vai curtir da mesma forma, seja menino ou menina. Responda a essa pessoa que você prefere que seja saudável e muito feliz. Isso, sim, é a sua preferência.

    E você? Ouviu perguntas inconvenientes durante a gravidez? Conte para nós!

    Inspiração: Revista Crescer

    Foto: Jerry Lai / Licença CC