Como alimentar seu filho quando ele está doente

    Quando as crianças estão doentinhas, ou seja, apresentam algum resfriado, tosse, febre, assim como vômitos ou diarreia, é muito normal que não queiram comer. Em alguns casos, terão que evitar alguns alimentos para que não se sintam piores. No entanto, elas não podem deixar de comer, e por isso é importante saber com que alimentá-las segundo a doença que tenham.

    Quando a criança apresenta vômitos e/ou diarreia, a reidratação é fundamental. Para evitar a desidratação, deixe seu filho tomar muito líquido, quanto quiser. Se seu filho tiver diarreia, evite dar-lhe lácteos ou alimentos muito salgados ou açucarados. Tão pouco convém dar-lhe sucos de maçã, pera nem de ameixa, porque podem aumentar a diarréia.
    O melhor, em ambos os casos, é dar-lhe soro oral (disponíveis em farmácias), ou bebidas ricas em sais minerais. Ofereça-lhe meia taça dessas bebidas a cada quatro horas, até que não tenha diarreia e não vomite. Quanto aos alimentos sólidos, no caso de gastroenterite, deve oferecer ao seu filho, arroz branco fervido, maçãs raladas, banana madura e suco de cenoura. Se a criança apresenta febre, consulte o médico.

    Se, pelo contrário, a criança estiver com prisão de ventre, o melhor são os alimentos ricos em fibra como o pão e o arroz integral, acelga, feijão, lentilhas, grão de bico, etc. A ingestão de líquidos é também importante. Os sucos naturais contém muita fibra e vitaminas.

    A criança deve começar a comer o mais rápido possível. A comida reforçará suas defesas diante das doenças e lhes ajudará a recuperar-se mais rapidamente. Para isso é necessário que a anime a comer, com contos, brincadeiras e um atitude mais positiva.

    FONTE: Editora de GuiaInfantil.com