Como incentivar os pimpolhos a ler

    Tablet, computador, celular, televisão... São tantas tecnologias que pipocam ao nosso redor, que o contato com os livros fica cada vez mais distante.

    Tablet, computador, celular, televisão… São tantas tecnologias que pipocam ao nosso redor, que o contato com os livros fica cada vez mais distante. Afinal, nos acostumamos tanto com a velocidade (o famoso tudo-ao-mesmo-tempo-agora), que ler uma obra da maneira antiga acaba se tornando uma tarefa desinteressante e chata para muitas pessoas.

    E se manter o hábito de folhear e vivenciar as emoções de um bom livro já é difícil para nós, que só conhecemos a internet depois de alfabetizados, imaginem para os pimpolhos que já nascem cercados pela tecnologia mobile?

    Por isso, a pergunta que não quer calar é: como competir com tanta interatividade e rapidez? A resposta é simples: dando o exemplo! Ler com os pequenos desde os seus primeiros meses de vida – e por que não durante a gestação -, é a melhor forma de mostrar a ele como essa tarefa pode ser legal.

    A leitura estimula a criatividade e a imaginação, favorece novas aprendizagens, aumenta o vocabulário e ainda fortalece o vínculo do bebê com a mamãe e com o papai – figuras importantes no processo de transmissão das primeiras histórias para a criança.

    Como o desafio é incentivar as novas gerações a gostarem de ler desde cedo, competindo com tanta informação que existe a sua volta, a equipe do Carinho a Cada Passo separou algumas dicas que vão te ajudar a inserir seus filhos no universo mágico da leitura.

    Confira e pratique!

    Contato com o livro
    É importante que o pimpolho tenha contato desde cedo com os livros, literalmente. Deixe-o à vontade, livre para manuseá-lo, para brincar com ele, tocá-lo. Permita que a criança faça do livro um brinquedo, algo que o divirta. Hoje é fácil encontrar obras apropriadas para os bebês, feitas de plástico ou borracha, que oferecem diferenciais para atiçar a curiosidade, os sentidos, e que permitem ao bebê fazer o que quiser sem que elas estraguem facilmente.

    E lembre-se: mantenha os livros sempre ao alcance das mãozinhas dele!

    Ambientes
    Leve o pimpolho para passear em bibliotecas, feiras de livros, bancas de jornal, livrarias ou qualquer lugar que ele tenha por perto várias letrinhas e livros! Levá-lo a esses lugares é essencial para que ele se familiarize com o ambiente de leitura.

    Seja exemplo
    Já dissemos aqui, mas não custa nada relembrar: leia também! Os pimpolhos estão atentos a tudo o que os papais fazem e sempre tentam imitar. Então, não há melhor maneira de incentivá-los do que ser o exemplo. Eles provavelmente vão querer seguir o modelo dos pais.

    Para toda a família
    Tire, pelo menos, 20 minutos do dia para se dedicar a leitura para o pimpolho. Pode ter certeza que é uma tarefa muito mais divertida para os filhos quando os pais participam! Também é uma maneira de fortalecer o vínculo familiar.

    Fonte:
    EBC

    Pais e Filhos

    Pais e Filhos

    Educar para crescer