Alimentação infantil: cuidado com o que você diz ao seu filho!

    Quantas vezes nós já ouvimos de nossos pais coisas que nos marcaram por toda a vida? Com nossos pequenos, a mesma coisa. Já imaginaram quantas vezes dizemos à eles coisas que podem influenciar no que eles pensam, falam e até comem? Hoje nossa colunista Andreia Friques fala sobre o cuidado na hora de fazer comentários na frente dos pimpolhos!

    “Esse menino não come verdura nem amarrado!”
    “Ela ODEIA frutas!”
    “Ele só gosta de porcarias!”
    “Êta menino difícil!!!!”
    “Não, ela não tem jeito!”
    “Ela isso…. Ele não isso… Ele aquilo outro!”

    Queridos, escrevo esse post sem nenhuma crítica, mas com muito amor!
    Eu sou mãe como a maioria de vocês e sei bem que às vezes as palavras “escapolem” da nossa boca, sem passar pelo nosso raciocínio! Quando a gente vê, já falou. Não fazemos por mal, mas acabamos fazendo mal, a eles e a nós.

    Recebo frequentemente no consultório crianças e adolescentes que passaram a vida ouvindo esse tipo de coisa. Quando entram, dizem: “Eu sou ruim de comer, doutora, com força!”. E completam a frase: “Não me passa verdura não, como diz a minha mãe, EU NÃO COMO NEM AMARRADO”.
    O que dizemos SOBRE e PARA nossos filhos pode influenciar, e muito, seus pensamentos e atitudes por toda a vida.

    Precisamos refletir um pouquinho antes de falar, mesmo que estejamos cansadas (os), apressadas (os), irritadas (os). Mesmo que tenhamos ouvido muitas dessas frases de nossos pais.

    Que nossas palavras e nosso exemplo sejam uma influência positiva na nossa família!
    Um abraço e até a próxima! ?

    Texto retirado da página Nutrição Materno Infantil
    https://www.facebook.com/nutricionistaandreiafriques