Cuide corretamente das roupinhas do bebê

    Cuidar das roupas do bebê exige cuidados especiais na hora de lavar, secar e passar para prevenir irritações e alergias. A primeira sugestão dos pediatras é lavar todas as roupinhas antes do bebê vesti-las, inclusive fraldas, toalhas e lençóis. Nada deve entrar em contato com a pele delicada do bebê antes de ser devidamente higienizado. Isso porque mesmo as roupas novas podem estar com poeira, ácaros e fungos que afetam a saúde do recém-nascido.

    Um dos principais cuidados que as mamães devem ter é não misturar a roupa do bebê com a dos adultos, nas quais são usados produtos mais pesados para a limpeza. Além disso, esse cuidado evita que possíveis problemas de pele apresentados pelos adultos afetem o bebê. Já quem optou pelo uso de fraldas de pano deve lavá-las separadas das roupinhas.

    Dispense produtos químicos usados em roupas de adultos e até mesmo os produtos infantis, que devem ser utilizados somente a partir do quarto ou quinto mês, quando a pele do bebê fica mais resistente.

    Para os recém-nascidos, o mais recomendado é o sabão de coco ou neutro, que tem menos ácido e perfume na composição, portanto não causa alergia. Nada de amaciantes, alvejantes, sabão em pó comum ou removedor de manchas.

    Peças de roupas mais resistentes, em malha e moleton, por exemplo, podem ser lavadas na máquina. Outras peças mais delicadas, com bordados e aplicações devem ser lavadas à mão. O mais importante é caprichar no enxágue para que não fiquem resquícios do produto no tecido.

    Manchas e molho

    Se você adquirir o hábito de colocar a roupa do bebê de molho verá que as coisas se tornam mais fáceis. Antes de lavar as peças experimente deixá-las de molho em um balde ou bacia com água morna e sabão neutro, cerca de duas horas. Se adotar este sistema, sempre que tiver de trocar o bebê, a roupa pode ser imediatamente colocada de molho, o que facilitará mais tarde a sua lavagem. Antes de colocar as peças de molho retire possíveis resíduos de xixi ou de alimentos em água corrente.

    Quando o bebê já está mais crescido e começa a comer, é inevitável que as roupas fiquem manchadas por resíduos de alimentos. Nem pense em usar água sanitária. Para removê-las você pode usar um tira-manchas (na pré-lavagem das peças), apenas na área afetada. Enxague a roupinha muito bem para eliminar o tira-manchas e só então lave-as normalmente.

    Mesmo assim, procure evitar o uso desse tipo de produto, a não ser que a roupinha seja muito bem enxaguada depois. Uma dica para remover manchas de alimentos e bebidas é tirar imediatamente a roupinha do bebê e lavá-la em água corrente; em seguida, coloque de molho para que o restante da mancha saia na água. Deixar para lavar a roupa manchada no dia seguinte faz a sujeira entrar na fibra e atingir o tecido. Se tirar na hora, com água, dificilmente a peça ficará manchada.

    Bem passadas

    Passar a roupa do bebê é sempre recomendável, pois a temperatura do ferro ajuda a eliminar alguns germes. Além do cuidado extra oferecido pelo ferro quente, passar também é uma oportunidade para ver se as roupas estão limpinhas mesmo. Secar ao sol também é indicado.

    Fonte: Bonde Mulher

    [sharethis-inline-buttons]