Está “grávido”? Veja as 10 coisas que você precisa saber!

    A gravidez é sempre um mistério para o homem, não é verdade? Veja algumas dicas que vão te ajudar a compreender melhor o que acontece com a mamãe nesse período

    A gravidez é sempre um mistério para o homem, não é verdade? Veja algumas dicas que vão te ajudar a compreender melhor o que acontece com a mamãe

    Conversamos com algumas mulheres que passaram pela gravidez, vasculhamos a internet e encontramos algumas dicas valiosas para te ajudar a compreender melhor esse momento especial que as futuras mamães estão passando: a gravidez. Algumas delas foram escritas por um pai para outros homens–grávidos.

    Ser compreensivo e se informar sobre a gestação são dicas bem interessantes para te ajudar a se “sentir” tão “grávido” como ela.

    Confira 10 sugestões que o Carinho a Cada Passo reuniu e aproveite esse momento!

    1 – A grávida vai ficar mais emotiva – e não só com notícias que envolvam crianças, mas até com uma propaganda ou desenho animado. Sim, seria como uma TPM, mas ainda mais imprevisível e que dura 9 meses…

    2 – Não censure a alimentação do dia-a-dia dela. Tente ajudá-la a controlar o ímpeto do “comer para dois”. Se ela tiver desejo, por mais absurdo que seja, tente saciá-lo, mas sem se culpar caso não consiga. Ela vai entender seu esforço.

    3 – Acompanhá-la nas consultas de rotina com o ginecologista e ultrassonografias (quando possível) te ajuda a entender melhor todo o processo. Vai ser mais fácil compreender tudo o que está acontecendo com ela e o pimpolho. Buscar informações na internet também ajuda.

    4 – A louça está suja ou a porta ficou destrancada? Se não puder evitar uma reclamação após a cobrança, tente finalizar com um apelido carinhoso. No entanto, usar frases seguras é melhor, do tipo: “claro que concordo com você”. Ou: “sim, querida”.

    5 – Sua mulher pode estar desconfortável com o próprio corpo e se achar feia. Então, nunca a chame de “orquinha” ou qualquer outro apelido do gênero (mesmo que seja com muito carinho). Isso atrapalha. E muito!

    6 – É comum a grávida ter dificuldades para dormir por causa de algum mal-estar. Nessa hora, você tem que ser solidário e, de preferência, não dormir também e ser atencioso (em geral, ela vai querer dividir a preocupação com você).

    7 – No parto, sua função é ficar firme e não desmaiar. Depois, no pós-parto, seu papel é controlar o número de visitas ao recém-nascido, ajudar nas tarefas domésticas e nos cuidados com o bebê.

    8 – Seja carinhoso e tenha paciência.

    9 – A mamãe vai ficar focada 24 horas no bebê. É seu instinto maternal – coisa da natureza mesmo: toda fêmea após o nascimento dos filhotes dedica seu tempo a eles. Cabe aos papais lembrá-las que elas precisam dar mais atenção ao relacionamento deles, mas sem muitas cobranças, ok?

    10 – Após as primeiras semanas do nascimento do pimpolho, proponha a ela um passeio a dois para relaxar, se vocês tiverem com quem deixar o bebê por duas horinhas (tempo entre uma mamada e outra). Também seria legal escolher um sábado ou domingo para tomar conta sozinho do bebê, para que ela dê uma voltinha no shopping ou apenas vá ao salão (mas não diga a ela que ela está desleixada, ok? Mamães pós-parto nem sempre conseguem ter um tempo para elas).

    Fonte: RevistaCrescer.com

    Foto: Eder Fortunato/ Flicker – Licença CC/Sem alteração