Grávida? O futuro do seu filho começa agora.

    A gestação é uma das fases mais lindas e marcantes de nossas vidas. A descoberta da gravidez, as primeiras mudanças físicas, a primeira vez que ouvimos o coraçãozinho do bebê ao ultrasson. Tudo é tão marcante, tão intenso e tão rápido. Pensamos e cuidamos de todos os detalhes para quando nosso bebê nascer e aos poucos, começamos a fazer planos para o futuro dele.

    O que algumas famílias se esquecem, porém, é que tão importante quanto dar um nome ao bebê é cuidar de sua alimentação desde os primeiros dias intra-útero. O corpo da mãe precisa ter as condições nutricionais necessárias para um bom desenvolvimento da criança. Para isso é preciso alimentar-se adequadamente e estar com todos os nutrientes em equilíbrio.

    Recebo diariamente no consultório gestantes cheias de dúvidas em relação à alimentação, preocupadas em fazer o melhor para gerar um filho lindo e saudável. Claro que elas também querem ficar lindas e saudáveis em toda a gravidez e voltar ao corpo sonhado o quanto antes. Saiba que não há uma formula mágica de “alimentação para gestante”.

    Mas existem muitas dicas preciosas que podem ajudá-la nessa caminhada. Lembrando que cada mamãe tem um organismo e só em uma consulta nutricional detalhada podemos prescrever uma dieta específica. Também é preciso avaliar individualmente a necessidade ou não de suplementação. O que vale para a Camila nem sempre vale para Amanda.

    Vamos às dicas:

    – Alimente-se, no máximo, de 3 em 3 horas;

    – Leve pequenas marmitinhas com seu lanche diário para o trabalho;

    – Beba água, mesmo sem vontade, em breve seu organismo se acostumará e sentirá essa necessidade. Uma boa hidratação ajuda a prevenir a prisão de ventre e infecções no trato urinário;

    – Varie sempre o cardápio para ter mais chances de ingerir todos os tipos de nutrientes que você e o bebê precisam;

    – Coma frutas, verduras, cereais integrais e coloque em alguma refeição do dia oleaginosas (nozes e castanhas, etc);

    – Pingue gotas de limão na sua comida, isso aumenta a absorção de Ferro;

    – De sobremesa: frutas cítricas;

    Substitua na sua casa:

    O arroz branco pelo integral (comece por você até alcançar sua família);

    – Os sucos de caixinha por naturais;

    – O sal refinado por Sal Marinho integral;

    – O açúcar refinado pelo mascavo (que também deve ser consumido com moderação, porém, é mais nutritivo e tem menos aditivos químicos);

    Evite:

    – Altas doses de cafeína (cafés, chás com cafeína, chocolate);

    – Alimentos que podem conter salmonela (ovos crus ou comidas que contenham ovos crus ou parcialmente cozidos, como maionese caseira, mousse, fios de ovos);

    – A ingestão de açúcar e alimentos gordurosos;

    Não consuma:

    – Refrigerantes, bebidas alcoólicas;

    – Alimentos diet, light e adoçantes precisam ser consumidos com orientação de um nutricionista ou médico;

    – Não fume nem permaneça próximo a alguém que esteja fumando;

    Ainda:

    – Prepare-se para amamentar seu bebê! Posso dizer como mãe de três filhos: ESSA É UMA DAS EXPERIÊNCIAS QUE MAIS VALE A PENA NA VIDA!

    [sharethis-inline-buttons]