Incentivando a boa alimentação dos pequenos

    Ser mãe é uma responsabilidade que não devemos repassar para ninguém, pois não existe quem nos substitua. E, quando isto acontece, por razões alheias a nossa vontade, essa pessoa sempre é considerada “uma mãe”.

    Pois bem, ensinar aos nossos filhos que o alimento é uma dádiva é nosso dever, como também ensiná-los a gostar de todos os tipos de alimentos. Não devemos colocar nossas preferências na mesa. Muitas mães e pais, por não gostarem de um certo tipo de alimento, acabam não oferecendo a seus filhos. Precisamos lembrar que as crianças precisam de todos os nutrientes para que seu organismo receba tudo o que é necessário para a sua saúde e o seu desenvolvimento físico e emocional.

    Por isso, papais, ofereçam diversos alimentos, insistam para experimentarem e repitam a dose pelo menos por mais três vezes, para que ele se acostume com o gosto e aprenda a gostar do alimento. Aprendam e expliquem a seus filhos os tipos de nutrientes que existem em cada tipo de alimento e o bem que eles fazem à saúde deles. Crianças estão cada vez mais inteligentes e antenadas, ávidas por informação, por resposta aos “porquês”… Se a temos… os convencemos!

    A melhor dica que posso passar é que coloquem sempre à frente de seus filhos pratos com 3 a 4 tipos de legumes ou verduras (pratos coloridos), que contenham vitaminas e minerais, essenciais para o bom desenvolvimento dos pequenos, como ossos e músculos fortes, cabelo bonito, pele bonita – tudo depende da boa alimentação.

    Outra dica é sempre lembrar que não pode faltar no prato o carboidrato (arroz, macarrão, etc), que dá energia para brincar, e a proteína (carnes diversas e ovos), que ajuda no crescimento e no fortalecimento dos músculos. Aproveite para incentivá-lo dizendo o quanto ele(a) ficará forte e bonito(a) após comer direitinho. Eles vão sentir-se como um super heróis após comer tudo! Pode ter certeza, criança tem uma imaginação incrível!

    Um beijo no coração de todas as mães… porque vocês merecem!