Lanches saudáveis para o filho levar para a escola

    Quando o assunto é a alimentação das crianças, falamos quase sempre sobre o almoço e jantar. Mas falar sobre os lanches é muito importante. Um estudo realizado pela Yale University School of Medicine´s Prevention Research Center (EUA), publicado na revista científica Circulation, mostrou que uma dieta rica em frutas e vegetais desde a infância pode ajudar a prevenir aterosclerose na vida adulta. Os cientistas revelaram também que a falta de atividade física aumentava ainda mais o risco para a doença. A aterosclerose pode começar na infância, mas só vai se manifestar mais tarde. Por isso, é fundamental os pais ajudarem os filhos a adotarem hábitos saudáveis de vida desde cedo.

    Os lanches podem ser feitos um dia antes, à noite. Se for mandar um pedaço de bolo, deixe cortadinho. Guarde ambos em potinhos de plástico na geladeira. Os sucos naturais devem ser preparados no dia. Se for mandar uma fruta, higienize no dia também. Maçã é uma boa opção porque não amassa facilmente. Pêra, banana, pêssego, uva e nectarina pedem um recipiente mais resistente para acomodá-las. As frutas que você manda em gomos, como mexerica, perdem um pouco de nutrientes quando são descascadas. Antes de embalar, higienize bem a fruta. As que a criança consome com casca têm de ser lavadas em água corrente e depois colocadas em uma solução clorada (o produto é vendido em supermercado, veja no rótulo da embalagem como proceder). Se a casca for descartada, só lave. Seque com papel-toalha e coloque em um pote.

    No sanduíche, não coloque fatias de tomate, pois umedecem demais o pão, coloque requeijão, alface fresco, cenoura ralada e, no lugar do presunto, opte pelo peito de peru, que ainda por cima tem menos gordura. Se seu filho estuda de manhã, mas o lanche que você preparou é para o período da tarde, não mande leite (quente ou frio) ou iogurte de jeito nenhum para evitar problemas digestivos.

    O pão de queijo é uma opção viável, mas misto quente, por exemplo, não. O pão amolece demais e o queijo, se não for bem acondicionado, pode estragar. Ovo cozido, nem pensar, porque é um alimento muito sensível. Você pode mandar o chocolate ou o leite quente, desde que estejam em uma térmica. O problema é que podem não estar tão quentinhos na hora do intervalo do seu filho.

    É melhor não mandar doces ou salgadinhos. Se seu filho insistir muito, coloque um pedaço de bolo, de preferência sem recheio ou cobertura. Deixe os doces e salgadinhos para o fim de semana. Para saber se ele esta comendo seu lanchinho preparado com tanto amor e carinho, além de perguntar para ele, converse com o professor. É importante que ele coma porque se ficar mais de quatro horas sem se alimentar, pode ter uma queda de glicose no sangue, o que causa dores de cabeça, mal-estar e até desmaio, além de atrapalhar o aprendizado.

    Abraços!

    [sharethis-inline-buttons]