Mamãe coruja: a arte de fotografar crianças

    Todo mundo sabe que fotografar crianças é quase uma missão impossível! Mas nossa colunista Leticia de Moura dá dicas para tornar a tarefa menos complicada!

    Quem nunca recebeu os amigos em casa e foi correndo mostrar o álbum de foto dos filhos? Papais e mamães adoram exibir, com orgulho, cada passo que o pimpolho dá. Com as novas tecnologias, então, isso ficou ainda mais fácil e frequente.
    Facebook, Instagram, Snapchat e outros aplicativos ganham, cada vez mais, novos adeptos, e perfis de crianças fofas estão fazendo sucesso na web. E é sobre isso que vim falar com vocês hoje.

    Como mãe coruja que sou, quando a Isabelle nasceu, passei a compartilhar com amigos as fotos que fazia dela. Sempre adorei fotografar! Logo, ela começou a fazer tanto sucesso que, hoje, tenho mais de 83 mil seguidores que acompanham, dia a dia, os looks que monto com minha princesa.
    E seja para publicar em redes sociais ou para guardar de recordação, surge o desafio: como tirar fotos boas de um pimpolho que não fica quieto? Rs! É nisso que tentarei ajudar a vocês hoje, dando algumas dicas de como tornar esse momento mais fácil.

    1. O melhor momento
    Todo pai conhece seu filho e sabe quais são seus melhores momentos – quando estão felizes e dispostos, como depois de uma soneca ou depois de almoçar. Além disso, é importante que eles se sintam bem e confortáveis. No caso da Isabelle, o melhor momento é sempre quando ela acorda. Não perco tempo! Aproveito e uso e abuso do bom humor dela e as fotos ficam lindas!

    2. Entretenimento
    Outra dica imprescindível é, na hora da sessão, ter objetos para chamar a atenção dos pimpolhos. Vale os seus brinquedos favoritos, alguma coisa que faça barulho, ou até mesmo utilizar o celular com um desenho favorito da criança. Também pode rolar uma ajuda do irmãozinho (a) para fazer alguma graça na hora. Além de chamar a atenção, você ainda vai conseguir registrar lindos sorrisos!

    3. Não obrigue a fazer pose
    Nada melhor do que deixar seu filho ser espontâneo. A naturalidade de uma criança é linda, e além de você conseguir registar momentos descontraídos, você não irrita o pimpolho. Quando o papai ou mamãe exige que a criança fique parada para a foto ou faça poses, pode deixá-la cansada e fazer com que perca o interesse de ser fotografada. Até mesmo pode fazê-la se sentir obrigada e começar a chorar. Minha princesa só fica paradinha quando está entretida olhando algum objeto, algum vídeo ou desenho que ela goste. Caso contrário, pernas para que te quero! E ai de mim não ser ágil e ficar correndo atrás dela para conseguir pegar fotos legais. Por isso, deixe-os livres! Assim se sentem relaxados, como se estivessem participando de uma brincadeira, e a fotografia por si só ganhará sua naturalidade.

    Essas foram as três primeiras dicas para vocês irem testando! No próximo post, vou falar sobre outras quatro e, aos poucos, vamos aprendendo a tirar a foto perfeita! <3 Espero que gostem! Compartilhem aqui as fotos que vocês tirarem e a experiência de vocês! Quem sabe vocês também não têm uma boa dica para mim?Até a próxima!