Não brinque com a saúde do seu filho

    14 de Novembro é o Dia Mundial de Prevenção do Diabetes! Este ano a data foi marcada por eventos que divulgaram a prevenção do diabetes tipo 2 em crianças em uma campanha intitulada: Diabetes, proteja nosso futuro!

    O diabetes é uma doença crônica caracterizada pela deficiência ou ausência de insulina acarretando em alterações no metabolismo de carboidratos, proteínas e lipídios. Em crianças, o mais comum é o tipo 1, quando a produção de insulina pelo pâncreas é insuficiente. Isso geralmente ocorre por fatores genéticos ou ambientais, como infecções virais.

    Em adultos, o maios comum é o tipo 2, em que o indivíduo após passar anos alimentando-se muito mal desenvolve uma RESISTÊNCIA À INSULINA, ou seja, o organismo, geralmente com excesso de peso, prejudica a ação do hormônio. Até alguns anos atrás, essa era uma doença “exclusiva” de adultos, afinal, levava-se anos de uma vida alimentar desregrada para conseguir “destruir” as células que produzem a insulina. Porém hoje, as crianças estão alimentando-se tão mal desde os primeiros meses e vivendo de uma maneira tão sedentária que, infelizmente, estão apresentando esses problemas “de adultos” ainda aos 12 anos.

    Atendo no consultório, diariamente, esses casos, alguns já em estado avançado, inclusive com uso de medicamentos de “adultos”. Tenho uma PREOCUPAÇÃO ENORME com o futuro desses pequenos e me pergunto, se nada for feito, chegarão aos 30 anos de idade? Como?

    Será que seu filho pode se tornar um diabético? Leia as dicas a seguir e reflita:

    As crianças que têm maior chance de desenvolver diabetes tipo 2 são:

    As que alimentam-se mal;
    • As que estão acima do peso;
    • Sedentárias;
    • Que possuem pessoas portadoras de diabetes tipo 2 na família;
    • Que nasceram pequenas para a idade gestacional e as que nasceram grandes para a idade gestacional;
    • Filhos de mulheres que desenvolveram diabetes gestacional ou são portadoras de diabetes tipo 2;
    • As que não foram amamentadas ao seio materno.

    Como prevenir que meu filho não desenvolva a doença?

    • Tenha cuidado com sua alimentação e ganho de peso na gestação;
    • Amamente seu bebê exclusivamente até os seis meses de vida e complementar à alimentação até os dois anos.
    • Comece a alimentação complementar a partir de seis meses de maneira correta;
    • Seja rigoroso com a alimentação dele nos primeiros 2anos de vida (nada de porcarias);
    • Forme um hábito alimentar saudável na sua família;
    • Estimule a prática de atividade física;
    • PAIS E CUIDADORES SEJAM O EXEMPLO!!!

    Diabetes tipo 2 não tratada na infância, PODE SER UMA SENTENÇA DE MORTE PRECOÇE! Não brinque com a saúde do seu filho!

    Um abraço e até a próxima!