O melhor pai do mundo não é perfeito

    Porque o melhor pai do mundo é aquele que ama seu filho do fundo do coração! Texto da colunista Mariana Melo.

    Costumamos ouvir que “quando nasce um filho (a), também nasce uma mãe…”, mas esta expressão pode ter uma continuidade e terminar em “… e nasce também um pai“. Isso, nasce um pai. E foi o que aconteceu na minha família.

    Dias atrás, a pouco menos de um mês, no dia do meu aniversário, recebi muitas mensagens de parabéns. Minha filha, Victória, estava com 21 dias de vida na ocasião e em algumas dessas mensagens tinham uma frase em comum: “A Victória não poderia ter uma mãe melhor”. Isso me emocionou muito e ao ler repetidas vezes percebi que minha princesa também não poderia ter um pai melhor.

    Ela foi muito desejada por nós e Deus a enviou no melhor momento e da melhor forma: uma criança saudável, perfeita, esperta e muito, muito amada pelo papai e pela mamãe. Seus papais de primeira viagem!

    Os primeiros dias foram difíceis, uma mistura de sentimentos, entre os principais deles: felicidade e insegurança. Antes da chegada da princesa, nós conversávamos muito, nos informamos e tirávamos nossas constantes dúvidas. Mas quem nos ensinou mesmo como fazer foi a Victória. Tudo. Foi ela quem nos preparou da melhor forma. Hora do banho, de dormir, de trocar a fralda, de mamar, de dar o remédio…

    Mamãe e papai foram aprendendo um dia por vez, e, assim como seu pai, ela se tornou a melhor filha do mundo.

    Aprendemos que não existe uma “fórmula de bolo” para receber em casa e criar um recém-nascido, mas o amor é tão grande que nos transformou. O Victor, que possui um perfil discreto, um pouco mais fechado, encontrou na paternidade seu maior amor. Ainda na gestação, ele conversava com uma barriga, meio tímido, mas apaixonado como se já estivesse frente a frente com sua primeira filha.

    O papai, assim como a mamãe, não é perfeito, ele tem dúvidas, medos, a cada novidade enfrenta a insegurança. Mas ele é o melhor pai do mundo, pois tenta e, na maioria das vezes, acerta. Ele não desiste, mesmo quando a situação parece ser a mais difícil.

    O papai acorda muito cedo para trabalhar, mas não deixa de levantar da cama de madrugada para ajudar a mamãe a trocar fralda, a acalmar a princesa para voltar a dormir, a dar o remédio… O papai lava as roupinhas dela, não só na máquina de lavar, mas no tanque também! O papai coloca a neném para arrotar, adora dar banho nela, escolhe as roupinhas para a princesa vestir e brinca com ela sentado no sofá!

    O papai faz planos para sempre ser o melhor, mesmo quando não for perfeito. E a partir de 2015, uma data passou a ser ainda mais especial. Feliz Dia dos Pais, papai Victor! E a todos os outros papais também! No vídeo, mostro alguns dos nossos momentos, simples, mas que se tornaram muito especiais.

    [sharethis-inline-buttons]