Termômetros de mercúrio: venda será proibida

    Você já deve ter ouvido a notícia de que os tradicionais termômetros de mercúrio não serão mais fabricados a partir de 2019. Mas você sabe por que a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) tomou essa decisão?

    A exposição prolongada ao mercúrio pode causar várias doenças, inclusive problemas sérios ao sistema nervoso central e à tireoide. Além disso, o nosso meio ambiente também sofre com a contaminação do metal, que muitas vezes é descartado na natureza de forma irregular.

    Por isso, na Convenção de Minamata na Suíça, em 2013, 140 países assinaram um acordo assumindo o compromisso de reduzir o uso de mercúrio e, para cumprir o prometido, este ano, a Anvisa aprovou a proibição da fabricação, importação e comercialização dos termômetros.

    Mas, calma! Se você está se perguntando como irá medir a temperatura do seu pimpolho, não se preocupe. Existem outras opções tão precisas quanto no mercado, como os digitais, que são fáceis de encontrar e têm o melhor custo-benefício.

    E aí, que tal já deixar de lado aquele termômetro antigo e procurar novos modelos sem mercúrio para ajudar o meio ambiente e a saúde das próximas gerações? Conte pra gente que termômetro você usa!